"Bem comido, a minha alma de nada quer saber."

Jean Molière